Imprensa

Notícia Coprel Release

Coprel, prefeituras e DBIO organizam o projeto Coprel Ecologia para 2018

O projeto Coprel Ecologia terá continuidade neste ano, representando o trabalho conjunto de agricultores, poder público e Coprel em prol do meio ambiente. Na manhã desta quarta-feira  (13/06), a Coprel promoveu uma reunião em Ibirubá, para apresentar às prefeituras as condições de participação no projeto deste ano. Representantes de 25 prefeituras estiveram presentes no encontro.

As atividades iniciaram com as boas-vindas dadas pelo secretário da Coprel, Décio Floss. Em seguida, o facilitador da unidade de Energia, Herton Azzolin, falou sobre o projeto Coprel Ecologia, apresentando a importância do projeto, que faz parte do cumprimento da reposição florestal de responsabilidade da cooperativa, e também promove a intercooperação entre Coprel, prefeituras e produtores rurais na recuperação de áreas de preservação permanente. Em seguida, o engenheiro florestal Nelson Nicolodi apresentou o relatório do plantio realizado em 2017. E após, o chefe da divisão de licenciamento florestal do Departamento de Biodiversidade (DBIO), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), Eng. Agrônomo Diego Melo Pereira falou sobre as exigências ambientais que devem ser cumpridas na execução do projeto Coprel Ecologia. Também foi aberto espaço para que os técnicos das prefeituras presentes esclarecessem as dúvidas referentes ao projeto.

O Coprel Ecologia terá uma importante modificação em relação à última edição. Neste ano, será necessário o plantio de 500 mudas de árvores nativas por área de preservação permanente recuperada (até 2017, este número era de 200 mudas). Esta é uma exigência dos órgãos ambientais. As demais condicionalidades do programa permanecem: a Coprel faz a distribuição gratuita das mudas de árvores nativas de ocorrência regional e estacas de madeira para as prefeituras, que as encaminham aos produtores rurais interessados em fazerem a recuperação de áreas de preservação permanente. Todo este processo é acompanhado e vistoriado para prestação de contas ao DBIO e à SEMA. E os produtores e prefeituras com melhor resultado no plantio são reconhecidos e premiados pela Coprel.

Realizada a reunião, as prefeituras terão prazo até o dia 30 de junho para confirmarem a participação do projeto e realizarem a reserva de mudas de árvores, para que a Coprel efetue a compra. Em agosto, será realizado o evento oficial que marca a distribuição das mudas, o início do plantio de 2018 e a premiação dos produtores e prefeituras que mais se destacaram no plantio realizado no ano passado.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS
Preencha os campos abaixo e receba nossas novidades diretamente no seu e-mail
Fechar

Recuperar Senha

Para receber sua senha por email, digite seu número de matrícula no campo abaixo: