Imprensa

Notícia Coprel Release

Coprel conclui a reconstrução das redes após o temporal do dia 19 de outubro

Neste domingo, dia 22, a Coprel concluiu a reconstrução das redes após o temporal que atingiu toda a área de atuação da cooperativa na madrugada de quinta-feira (dia 19 de outubro). Com registro de ventos de 134 Km/h na região de Cruz Alta, o mau tempo causou muitos estragos em diversos municípios. Nas redes de energia da Coprel, 421 postes foram quebrados com a força dos ventos. Também houveram muitos danos ocasionados por galhos de árvores, coberturas de casas e galpões e outros objetos arremessados pelo vento nas redes, ocasionando o rompimento de cabos, e ainda queda de árvores na rede. O temporal também ocasionou um grande número de raios, que atingem as redes, provocando o desligamento da energia e também a queima de transformadores. Os municípios mais atingidos foram: Cruz Alta, Tupanciretã, Jari, Joia e Salto do Jacuí. Também foram registrados muitos danos em Boa Vista do Incra, Fortaleza dos Valos, Panambi e Soledade.

As equipes da Coprel já estavam preparadas para atender aos cooperantes desde as primeiras horas da madrugada de quinta-feira, pois haviam alertas meteorológicos prevendo a incidência deste forte temporal. Inicialmente, 12 mil famílias ficaram sem energia, e 90% do sistema elétrico foi restabelecido nas primeiras 24 horas após o temporal, pois a cooperativa possui interligações entre os alimentadores principais, que funcionam como “caminhos alternativos” para a energia elétrica quando ocorrem danos nas redes principais. Os trabalhos iniciaram nas primeiras horas após o temporal e prosseguiram por 4 dias. No sábado, a chuva prejudicou os trabalhos, e devido à dificuldade de acesso às redes em lavouras e estradas de terra, muitos cooperantes auxiliaram as equipes da Coprel, colocando tratores à disposição para rebocar os caminhões pesados.

Para reconstruir mais de 40 quilômetros de redes em 4 dias, a Coprel contou com o apoio de todo o quadro de colaboradores: Eletricistas, Centro de Operações, Discoprel (incluindo colaboradores contingentes), Estoque e Almoxarifado, Fiscalização, Administrativo, Comunicação e Gestores, equipes das prestadoras de serviço, que inclusive montaram novas equipes com funcionários de outras regiões que vieram auxiliar nos trabalhos; e mais uma vez a intercooperação foi fundamental para reconstruir as redes em um curto espaço de tempo: a Coprel contou com o apoio de 6 cooperativas de energia do Estado, que deslocaram equipes para auxiliar nos trabalhos da Coprel: Ceriluz, de Ijuí; Certaja, de Taquari; Certhil, de Três de Maio; Cooperluz, de Santa Rosa; Creluz, de Pinhal; e Creral de Erechim. “As cooperativas de energia do Estado, filiadas à Fecoergs, possuem um Plano de Operação e Manutenção para dias de contingência, e quando uma cooperativa é severamente atingida por um temporal, as cooperativas que não foram afetadas cedem equipes para auxiliar nos locais mais afetados, um trabalho de intercooperação que, só neste mês de outubro, já foi utilizado duas vezes pela Coprel”, salienta o presidente da Cooperativa, Jânio Vital Stefanello. A cooperativa também se preocupa em manter os cooperantes bem informados, portanto encaminha informações atualizadas sobre os trabalhos em cada região para a imprensa, e também informa os cooperantes por mensagens de celular: de quinta-feira até domingo, foram enviadas 45.628 mensagens. Neste período, o Discoprel recebeu 11.338 ligações.

Neste mês de outubro, a região de atuação da Coprel já foi atingida por três eventos severos: no dia 1º de outubro, um temporal de grandes proporções provou a quebra de 839 postes, no dia 12 de outubro, alto volume de chuva associada com grande incidência de raios também provocaram muitas faltas de energia, e no dia 19 de outubro, o último temporal, que resultou em 421 postes quebrados. Em menos de 20 dias, 1.260 postes tiveram que ser substituídos. Com uma equipe de colaboradores muito dedicados, estoques de postes e materiais preparados para enfrentar situações extremas de mau tempo, e com a cooperação das demais cooperativas e empresas que se comprometeram com os trabalhos, a Coprel mais uma vez encerrou os trabalhos de reconstrução de redes em curto espaço de tempo, com segurança.

A segurança dos trabalhadores e cooperantes é prioridade para a Coprel ao restabelecer as redes de energia. Além das equipes cumprirem todos os procedimentos de segurança no trabalho, também é necessário priorizar as situações de risco de vida (quando há postes quebrados, galhos, árvores e outros objetos na rede e cabos rompidos), e essas redes só podem ser religadas após as equipes conferirem se não há mais nenhuma situação de risco. Felizmente, nestes dois eventos de gravidade e grande dimensão dos estragos, não houve nenhum acidente envolvendo as redes de energia.

A Coprel alerta para que ninguém toque em fios caídos ou quaisquer outros equipamentos elétricos. Não é possível saber se estão ou não energizados e o risco de acidente, é alto. Para qualquer dúvida, necessidade ou solicitação, o Discoprel – Atendimento gratuito 24 horas da Coprel – está à disposição, pelos três números de contato: 116, 0800 51 3196 ou 0800 701 3196.

 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS
Preencha os campos abaixo e receba nossas novidades diretamente no seu e-mail
Fechar

Recuperar Senha

Para receber sua senha por email, digite seu número de matrícula no campo abaixo: